O mundo é dos... nerds!

13

Category:

Pois é, eu sou louca por jogos. Qualquer tipo, tycoon, online, winning eleven, rpg, mmorpg, atari, nintendo, game boy, psp 2, mega drive, bejeweled, neopets... OK! Acho que já deu pra entender que onde tem um score e um game over, lá tô eu jogando. Então esse post vai ser pra falar de três joguinhos com os quais eu ando me entretendo atualmente.

Hamtaro: Ham Ham Heartbreak

Começando do joguinho mais baby hehehe Tudo isso foi culpa da Bah, que comentou sobre ele no blog e eu, que já tinha o emulador do Game Boy, simplesmente tive que jogar. Pra quem não tem o emulador, é simples! Baixaki! O jogo é a coisa mais fofa do mundo. Hamtaro e Bijou (a namoradinha dele hihi) precisam unir vários tipos de casais (namorados, mãe e filho, irmãos, amigos). Como se não bastasse a dificuldade natural de unir os hamsters separados - por brigas ou desencontros - Hamtaro e Bijou ainda precisam consertar as maldades do vilão Spat! =D

Popmundo (antigo Popomundo)

Um joguinho online do site PopMundo, onde você escolhe um personagem e tem que se esforçar pra ele ter uma carreira de sucesso na música e alcançar as paradas de sucesso. Fora isso, você interage com outros personagens, compra coisas, escolhe suas ações, viaja pelas cidades, grava músicas, sai em turnê e etc.
É bom porque: é online, não precisa instalar nada; É ruim porque: demora muito pra conseguir progredir no jogo, então tem que ter muita paciência e pensar nas melhores decisões ao longo do tempo pra conseguir sucesso mais rápido. Também é meio complicado de entender tudo como funciona, pois são muitas informações. Pra isso, sugiro sites como o Popomundo Brasil, que é cheio de guias e dicas.

Guitar Hero III

Eu não joguei o 1, não joguei o 2, mas o 3 é muito bom! *___* Tá que eu achava que era um jogo meio babaca, afinal, qual é a graça de tocar guitarra sem uma guitarra? ¬¬ Tem muita graça! É bem desafiador, pra se ter idéia eu passei pro nível Médio e já me compliquei hahahaha E as músicas? Muito bom o repertório! Onde mais você pode cantar uma ótima música enquanto joga? É uma combinação perfeita. Afinal, você prefere jogar ouvindo ISSO ou ISSO? Agora eu quero esperar por aquele só de músicas dos Beatles! +__+

Bom final de semana! Beeeijos! ;)

O Caso Stuart Little

16

Category:

Nardoni? Padre voador? Terremoto em SP? Que nada... a manchete principal por aqui é outra. Pra quem não acompanha o blog desde o início, eu e meu namorado temos um hamster chamado Remy (que agora acreditamos ser hermafrodita O_o mas chamamos de a Remy desde o fato. Então, como vocês podem ver, eu tinha colocado um Stuart Little na gaiolinha dela, pra enfeitar e ela ter um amiguinho. Remy sempre teve um comportamento hiperativo, como todos os hamsters sírios, nunca nos mordeu e sempre pareceu uma hamster alegre, tímida e meiga. As pessoas que conhecem Remy nunca reclamaram de nada, pois ela é muito amigável. Olhem essa carinha...

Ela parece o tipo de hamster que nunca faria nada de mal, certo? ERRADO!

Um belo dia fui até o banheiro lavar as mãos e quando olho pro box (Onde ela mora. Sim. No box. Ninguém usa aquele box) lá está ele. Um corpo no chão. Frágil, indefeso, como se fosse de algodão. (?) Remy comeu parcialmente o Stuart. E não estamos falando de um caso de estupro (embora pelo estado dele, bem que poderia ser também) mas sim de um ataque de raiva incontrolável de um hamster.

Stuart, mesmo depois de todo o ocorrido, esboçando um tímido sorriso

Pobre Stuart. =( Agora mais aleijado do que nunca. Vamos ser francos, sua carreira no Cinema acabou.

Mas nem por isso eu gosto menos da Remy. Ela deve estar passando por uma fase difícil, adolescente, está sem a rodinha, demos à ela muita liberdade com essa história do box, talvez ela ache que pode tudo. Vamos ter que ter uma conversinha séria com essa rapariga.

Ok, chega de bobagens hahaha Queria relembrar quem passa aqui para votar na minha história de Melissa! É fácil, é rápido e me fará ir pra Nova York. Não vou mentir, foi difícil decidir qual blogueira eu iria indicar na hora da inscrição, pois conheço várias e todas são tão queridas. Mas optei pela lógica dos fatos, foi no blog da Nicas que eu vi primeiro sobre a promoção, e agora eu espero que ela se dê bem também!



Beeeijos! ;)

Cativada pelo Pequeno Príncipe!

20

Category: ,

Há algumas semanas fui na Tok & Stock com meu namorado e minha sogra. Calma, não estamos montando enxoval! hahaha É porque... bem, é um bom programa pra se fazer com a sogrinha!

Eu não me impressiono facilmente com decoração, então sofás pretos não fazem totalmente minha cabeça. Mas está tudo muito bonito (apesar de realmente a linha preta não
ter muito a ver comigo). Aí eu cheguei na minha parte preferida, os quartos! Ouun, são tão lindos! Os infantis então... *__* Foi então que eu vi. Ali estava ele. Pequeno Príncipe. Em tudo! Foi tão mágico! Um quarto inteiro de Pequeno Príncipe! Se eu tivesse um filho, ele já teria um quarto decorado naquele mesmo instante. E talvez já tivesse um nome: Pequeno Príncipe ^______^ hahahaha Ok, chega. Vamos às minhas compras:

Meu super namorado me deu a fronha e a almofada! *__*

Mais produtos aqui.

Mudando bastante de assunto, nesse final de semana eu fui ver...

Quebrando a Banca

Se você quer um filme pra se divertir um pouquinho e adora jogos de cartas, vá ver Quebrando a Banca! O filme ganha pontos por ser uma história real, e também por ter o Kevin Spacey! hihi Mas não tem lá grandes coisas! Pensei que o protagonista (do Across the Universe - que eu NÃO vi ainda) fosse ser mais um tipinho Tobey Maguire, mas ele foi convincente e homenzinho! =D Achei uma matéria que resume BEM o filme, leiam os 21 motivos para ver (ou não) Quebrando a Banca da Superinteressante.


E that's all, folks! Próximo post eu venho comentar o crime da vez, que me deixou muito chocada. Beeeijos! ;)

Agora VAI!

24

Category:

Oláá!

Então eu fui no médico Sábado, depois de esperar um mês por uma consulta (é, médica foda é foda haha), e tendo minhas crises desde Outubro. Aí eu expliquei pra ela toda a situação, e todos os sintomas que eu sentia, e tudo e qualquer coisa dos últimos quatro anos que possam ter influenciado meu comportamento e a conclusão foi: Hipoglicemia. Eu já tive uma vez, mas não passava mal como agora. É uma doença que a gente, réles mortais, não sabe direito como é, como funciona, porquê acontece, a gente conhece melhor a Diabetes, por exemplo. Mas então pra confirmar tudo e entender direito, eu tive que fazer 13 exames. O_o É, 13! Incluindo a Curva Glicêmica, que já tinha feito, mas é horrível. A começar pelo jejum de 12 horas, que pra quem tem Hipoglicemia é o fim (já que eu tenho que comer de 3 em 3 horas). Depois, são 4 horas de exame, porque é uma amostra de sangue a cada uma hora. =( E tem também um suco de glicose mega doce que tem que tomar quando chega, eca!

Eu olhando pro lado pra não ver a agulha entrando

Até então, todo mundo achava que o que eu tinha era stress, por causa do trabalho + final da faculdade. Era chato, porque eu tinha crises e ficava em pânico, e ninguém mais aguentava. Achavam que eu não estava "me ajudando", reagindo, ou que era apenas uma frescura pra chamar atenção. Fora todas as coisas que eu não deveria continuar comendo e comi durante o verão.

E os sintomas todos são muito parecidos com síndrome do pânico e transtorno de ansiedade generalizado. Vou pôr aqui todos que eu sinto, porque espero poder ajudar quem passa por isso e não consegue tratar:
  • Tremores, ansiedade, nervosismo
  • Palpitações, taquicardia
  • Sudorese, calor
  • Palidez, frio, languidez
  • Fome, borborigma ("ronco" na barriga)
  • Atividade mental anormal, prejuízo do julgamento
  • Indisposição não específica, ansiedade, alteração no humor, depressão, choro, medo de morrer
  • Negativismo, irritabilidade, agressividade, fúria
  • Mudança na personalidade, labilidade emocional
  • Cansaço, fraqueza, apatia, sono
  • Visão embaçada, tontura, delírio
  • Parestesia (enformigamento), dor de cabeça
É horrível, eu já tava achando que ia ficar louca. Essa semana comecei o tratamento e agora é esperar o resultado dos exames! =D É, não costumo falar dessas coisas no blog, porque é ruim "arquivar" coisas que queremos esquecer, mas pelo menos eu realmente espero melhorar agora. E próximo post eu mostro meu kit Pequeno Príncipe! *___* Beeeijos! ;)

Smack!

15

Category:

Era pra ser um post do Salompas, mas quis postar ele aqui porque achei que tava pessoal demais.


Ao que tudo indica, hoje é dia do beijo! Resolvi fazer
um Top 10 de beijos do cinema. Nada de "os mais famosos" ou "os mais marcantes", são os que eu elegi como fofuxinhos! ^__^ E, óbvio, devo ter esquecido alguns - vários. Mas vale a homenagem mesmo assim!

Então aí vai um grande "sssmack" para quem passar por aqui e um Top 10 beijos mais fofuxos do cinema, por Bruberries! *algumas cenas têm link pro vídeo pela foto*

Top 10

Uma Cilada para Roger Rabbit, um dos meus filmes preferidos de infância. Um desenho beijando um ator? hehe No mínimo bizarro, mas eu ainda tenho muito o valor sentimental hahaha

Top 9
O Estranho Mundo de Jack, tão "horripilante" e tão romântico! Essa é a cena final, quando finalmente Jack consegue ficar com a maltratada Sally.

Top 8E.T. - O Extra-Terrestre: O primeiro beijo cinematográfico de Drew Barrymore? hehe Muito bonitinho!

Top 7Ei, desenhos também valem! Awwnn.. A Dama e o Vagabundo. ^^

Top 6
Para os fãs de Friends, essa foi uma das cenas mais esperadas do seriado. Afinal, tadinho do Ross, desde o colegial era apaixonado pela Rach, e ela nem aí... Eu sei, não é da categoria Cinema, mas é meu seriado preferido e o Top 10 é meu! hahaha

Top 5Ghost - Do outro lado da vida e aquela cena que todo mundo funga, se lava em lágrimas e quer gritar "saia daí Whoopy, nós queremos o Sam de volta" enquanto toca a clássica Unchained Melody.

Top 4
Talvez essa seja a cena mais pessoal do Top 10. É uma das histórias que mais gosto do Simplesmente Amor: o casal de atores de filme pornô que consegue ter a história mais ingênua e fofa do mundo.

Top 3
Não podia faltar O Fabuloso Destino de Amélie Poulain e seu final ultra romântico com o Nino. A sequência do primeiro beijo deles é tão bonitinha! ^^

Top 2
Edward, mãos de tesoura. O filme que mais me revolta pelo final injustiçado hahaha Mesmo assim, é tão "surrealmente" romântico! *__*

Top 1

Meu Primeiro Amor. Ok, eu não gosto do filme, mas não tem como negar que essa cena é a mais fofa de todos os tempos, né?

E era isso! Bom final de Domingo! Beeeijos! ;)

Cantadas

15

Category: ,

Oláá!


Vi o link no blog da Gesi e não resisti, vou ter que falar sobre isso! A revista TPM e a Trip fizeram um movimento "Pelo direito de ir e vir da mulher" falando sobre a vulgaridade das cantadas que os caras falam pra nós e das baixarias que a gente sofre nas festas e pela rua a fora. Eu já tinha pensado em falar sobre isso porque fiquei muito tempo na praia e lá é um lugar zuuuper propício a essa tipo de coisa. Assim, eu simplesmente não saio sozinha de casa por causa disso.


Eu nunca consegui me sentir confortável com uma cantada. Seja ela a pior *nível: vai linguiça, coração?* até um simples *psiu, olha pra cá*. Sei lá, meu sentimento constrangedor é tanto que apenas tenho vontade de sumir. E, sabe, não estou falando isso porque me sinto a Juliana Paes dos pampas, nem pra que vocês pensem que eu sou. Acho que nem tem a ver com a beleza da mulher, e também não é motivo de orgulho (vocês já viram a maioria dos homens que fazem esse tipo de coisa? é um tipinho bem repugnante). E mesmo quando são bonitinhos, é aquele tipo de cara que você acha ridículo só por ter falado merda. Então não tem porquê se orgulhar da "quantidade" de cantadas.

Li no manifesto o quanto as mulheres começaram a repensar suas roupas pra sair de casa e evitar esse tipo de coisa, e isso aconteceu comigo! Pra caminhar, só calça pescador (ou corsário); separei todas as blusinhas de barriga de fora que eu tinha e doei; não gosto de usar calça justa e calça suplex ou legging só se tiver uma blusinha mais comprida tapando minha bunda. Ok, também tem a ver com alguns valores meus, mas é sim pelo medo de se sentir "exposta" aos salivadores de plantão.

E vocês, gurias? Como se sentem nessas situações?


Mudando rapidamente de assunto, a Lorys me deu um s
elinho super fofo! Amei! Aproveito para fazer uma propaganda básico do blog dela, sempre com assuntos tão interessantes, atualizados e importantes, como a preservação do nosso planeta. Sim, somos politicamente corretas hahaha

Eu não sei pra quem repassar, então vou apenas tomá-lo como presente hahaha *folgada* Beeeijos! ;)

A saga da sedentária

15

Category:


Então eu queria começar a fazer yoga (ou, como diria a Ingrid Guimarães, pra ser cool se fala praticar yÔga). Como classe média complexada, mão de vaca inveterada e sem saco de pedir dinheiro e argumentar com meu pai, fui procurar lugares que oferecem esta bela filosofia de vida de grátis! Achei um centro de atletismo, bem pertinho aqui de casa, onde fui informada que os portões abririam as 7h da manhã, mas que eu poderia ir antes porque tinha fila pra distribuição de filas. Repensei o tamanho da minha força de vontade e fui, cambaleando de sono, num dia de garoa, pra fila do CETE. Tinham crianças lá. Tinham velhas lá. Tinham pessoas caminhando na pista. Gente, alooou! É madrugada e vocês estão aí com a maior naturalidade do mundo! E, óbvio, pessoas desocupadas sedentas por qualquer coisa grátis se amontoaram com a voracidade de leões pra cima das tais fichas. Tá, não foi bem assim, era por ordem de chegada mesmo, mas enfim, oito vagas de Yoga gratuitas se foram em, sei lá, um desvio de olhar. Fiquei chateada, mas já que estava lá fiquei pra ver o que mais me ofereceriam. Um cafezinho? Aceito. Uma meia? Aceito. Furada? Hm... Ok! Sem par? Ahhh, que seja! Então me inscrevi pra fazer GAP. Parece um nome chique de algo super elaborado que você faz com acessórios tecnológicos, mas é apenas a sigla de Glúteos, Abdômen e Pernas. Minha mãe descobriu um dia depois e também se decepcionou, mas enfim.

Hoje foi minha primeira aula (depois de ter matado as duas primeiras pra ver Coração de Estudante).
Antes, preciso dar um rápido contexto da minha vida de atleta. Com 6 anos a minha Ed. Física era descer escadas do colégio num colchão velho, aos 8 minha prof. chamou minha mãe porque eu tinha medo da bola, aos 10 eu estava na natação, expert no exercício de procurar os brinquedos que fazem "squeeze" escondidos na piscina, aos 13 eu fingia cólica pra ficar sentada no banco do ginásio e com 17 eu era uma super goleira motivadora do pior time das meninas da turma. Eu fiz academia por um tempo, e saia de lá me sentindo a pessoa mais saudável do mundo, mas academia cansa e eu voltei pro meu esquema "escola, cinema, clube, televisão". Cinco anos depois, me deparo com uma aula com colchonetes, exercícios, bundinhas flácidas e o pessoal de meia num tatame, em plena Forno Alegre com -30% de umidade e o sol a pino das 3 da tarde batendo na cara através do teto de vidro. A maioria das pessoas devia ter em torno de 40-50 anos, e eu, com meus belos 21 aninhos, fui a que mais reclamou durante toda aula. Sério, minhas pernas (e até os braços, eu nem sei como) tremiam, fiquei com cãibra na panturrilha, fiz 6 abdominais (com o pensamento fixo de que meu abdômen já é bem definido e não preciso disso) e consegui esticar meu braço mais ou menos até o joelho na hora do alongamento, devido à minha extrema facilidade com flexibilidade.

Só tenho uma coisa a dizer: ¬¬.

Tudo bem, com certeza segunda-feira que vem eu estarei mais acostumada. É, segunda. Estou pensando em começar a ver Cabocla e matar a aula de quarta e sexta. ¬¬

Sábadabado!

8

Category: ,

Hey babe, i'm back! Sim, meio atrasadinha, mas aqui postando! Hoje passei o dia num clube aqui de Poa, com meus amigos, comemorando o aniversário de um deles (que é segunda, mas a reuniãozinha foi hoje). Foi bem divertido, tava um clima bem agradável e eu fiquei olhando por horas os guris "jogarem" vôlei, com direito a vídeos, fofoquinhas, apelidinhos, brigas internas e tudo mais! haha Bem legal, já tava com saudade deles! ^__^

Sábado, pra muita gente, é dia de festa. Pois é, pra mim é dia de filme! hahaha Lembro que eu sempre marcava as estréias de filmes no Telecine Premium, todo Sábado. Hoje vai passar muitos filmes legais, começando agora, fiquem ligados no Olha O Filme!

Mais dois filmes que vi foram:

Escola do Rock: não tinha visto ainda, mas achei fofinho! Uma Sessão da Tarde, praticamente, e um deleite pra quem gosta de rock, já que é quase uma homenagem à esse estilo de música, com todos os clichês e posers que se pode imaginar. As crianças são muito engraçadas, e tocam realmente bem! Ah, e claro: Jack Black! Ele, sendo apenas ele hahaha



Dois Dias em Paris: Julie Delpy surpreendeu! Escreveu, dirigiu e atuou, num belo filme, diga-se de passagem. Tá, quem me conhece sabe o quanto gosto de filmes europeus. Mas é justo, porque o filme tem uma direção muito boa e adorei a narração do começo, achei bem poética. A história toda é tão simples: um casal, um relacionamento. Um, entre tantos ou um, que vai fazer toda a diferença. E a minha motivação pra ver o filme, o Daniel Brühl (pesquisem no Google, ele vale a pena *___*) aparece por, tipo, 3 minutos. hahahaha Encaixe aqui a palavra frustração.


Ah, fiquei de comentar sapatos! Sim, há um tempinho eu achei um site muito legal! Mas... gente! O site saiu do ar hahahaha Não posso comentar os sapatos super diferentes e fofinhos :( Mova para cá a palavra frustração.

Então nem vou falar do Brechó. Vou esperar ele ter mais coisinhas e aí faço um post só sobre brechós, que eu acho uma coisa muito legal, inspiradora e tal! Apesar de admitir que tenho nojinho de usar roupas dos outros O_o hahaha Fica pra próxima! Vão ver filmeees!

Beeeeijos! ;)

Tentando postar

20

Category: ,

"Ai, lá se vai meu blog" foi o que eu mais pensei durante todos os dias que fiquei sem postar. É, eu estava tão orgulhosa de ter voltado pra esse mundinho de escreve, responde, lê, comenta, ri, faz amigos, divide links, etc. E aí faço uma dessas. Mas talvez isso tenha feito de mim mais blogueira ainda, afinal, que blogueiro já não desistiu de seus blogs algumas vezes? Largou tudo às traças e depois bateu aquele arrependimento?

E eu não poderia sumir de vez.. sei que ninguém vai morrer caso eu não atualize mais, talvez muitos nem notem, mas eu conquistei leitores e segundo uma raposa, me tornei responsável pelas pessoas que cativei, tinha que dar uma satisfação em relação à isso.

Mas voltando ao meu blog, obrigada pelos comentários sobre meu Twitter cinéfilo! Já estou com 20 followers! YAY! E por culpa dele, assisti à vários filmes. Vou comentar bem rápido, senão o post de volta será o maior-de-todos-os-tempos.

Meu Tio Matou um Cara: Adoro o Jorge Furtado e suas histórias mirabolantes, que envolvem muita narração, reviravoltas e diálogos e situações engraçadas e cotidianas. Ok, e claro, pelas histórias se passarem em Porto Alegre hahaha Porém, achava que o filme não era tanto sobre o namorico do guri, e sim sobre o assassinato, e a história é meio normal (pra quem viu O Homem Que Copiava, é bem normal). De qualquer forma, eu achei a filha do Nando Reis muito fofa, adorei quando tocou Por Onde Andei numa cena dela, e tem umas partes bem engraçadinhas. Mas é só!

Sexo, Amor e Traição: Ok, eu vi só porque tinha o Fábio Assunção. hahahaha Achei legal a história, diferente, momentos engraçados, não muito clichê, mas também normal. E era isso! Destaque pra bunda do Fábio Assunção! hahaha E pro Marcelo Antony como gay.






O Sinal: Um filme noir argentino, fui ver por causa do Ricardo Darín. Não, eu não acho ele bonito, apenas gosto dos filmes dele! hehehe A história é meio sem gracinha, mas acredito que o plano do Darín e do diretor era homenagear esse estilo de filme, e pelas críticas que li, eles conseguiram pois o filme têm muitas carasterísticas clássicas do noir. Até mesmo uma frase que ri quando o ator disse "essa garota é encrenca" hahaha


O Exorcismo de Emily Rose: A Lorys tinha me indicado uma vez, me preparando e dizendo que não era de terror hehehe Muito bom, já que a parte de tribunal é muito interessante mesmo. Mas pelamor, as cenas de possessão são muito agoniantes! Cheguei a ficar arrepiada.. e depois, claro, fui pesquisar saber da história real (meu comportamento clássico depois de ver filmes: ir pro google saber tudo sobre ele).



E era isso! Vou deixar pra comentar sapatos e meu brechó virtual no próximo post! Sim, porque aí com certeza haverá um próximo post! hahahaha Beeeijos! ;)